OTbrain

Loading...

OTbrain

Register

AVDs - 22 de Março, 2022

#34 |Artigo| Eficácia das intervenções no Trabalho, AVDs, Educação e Sono em Pessoas com Autismo: Revisão Sistemática

Eficácia das intervenções no Trabalho, Atividades de Vida Diária, Educação e Sono em Pessoas com Perturbação do Espetro do Autismo: Revisão Sistemática

  •  
  • Citação: Weaver, L. L. (2015). Effectiveness of work, activities of daily living, education, and sleep interventions for people with autism spectrum disorder: A systematic review. American Journal of Occupational Therapy, 69, 6905180020. http://dx.doi.org/10.5014/ajot.2015.017962
  •  
  •  
  • RESUMO:

  •  
  • Esta revisão sistemática tem como principal objetivo examinar intervenções que abordam atividades da vida diária (AVDs), atividades instrumentais da vida diária (AVDIs) educação, e sono para pessoas com perturbação do espectro do autismo (PEA). Métodos: Um total de 23 estudos foram identificados, tendo sido examinados 9 estudos relacionados com o trabalho, 11 com AVDs/AVDIs e 3 relacionados com a educação. Não foram encontrados estudos relacionados com o sono.
  •  
  •  
  • Principais resultados:

  •  
  • A evidência suporta o uso das tecnologias móveis e dos tablets para a determinação das capacidades vocacionais. O suporte para a intervenção para AVDs/AVDIs é variável, com indicações de que Orientação Cognitiva para o Desempenho Ocupacional, Integração Sensorial, e Intervenções Contextuais podem aumentar o desempenho ocupacional. Evidência preliminar sugere que a prática diária de yoga e de exercícios curtos poderão melhorar o desempenho e comportamento na sala de aula; atividades físicas em grupo podem auxiliar nas variáveis ​​de prontidão para o ensino escolar. A evidência para o uso de tecnologias para as AVDIs foi limitada, assim como as evidências que determinam intervenções efetivas para problemas de alimentação.
  •  
  • Implicações para a prática:

  •  
  • As conclusões desta revisão da literatura sugerem as seguintes implicações para a investigação e a prática:
  •  
  • – Auto-gestão suportada, video prompting, vídeo modelagem e intervenções de emprego suportadas têm efeitos moderados no desempenho laboral.
  •  
  • – O uso de tecnologia (i.e. smartphones e tablets) para ensinar tarefas vocacionais é uma das estratégias mais estudadas e eficazes para aumentar o desempenho funcional e a independência no trabalho entre pessoas com PEA, e os profissionais de terapia ocupacional geralmente fornecem avaliações, recomendações e consultas para promover sucesso no uso desses dispositivos em ambientes de trabalho e escola.
  •  
  • – CO-OP, uma abordagem individualizada centrada na família e na criança, que usa a resolução de problemas guiada para ajudar crianças e jovens a adquirir, generalizar e transferir capacidades, é provavelmente uma intervenção eficaz para melhorar as desempenho de tarefas de AVDs e AVDIs entre jovens com PEA.
  •  
  • – A colaboração e uma combinação de intervenções comportamentais e sensoriais podem melhorar as capacidades de alimentação.
  •  
  • – Intervenção clinica intensiva em OT-IS pode resultar numa maior independência no desempenho de AVDs.
  •  
  • – Se yoga for usado para aumentar o desempenho e aprendizagem em sala de aula, deverá ser usado diariamente e de forma rotineira.
  •  
  • – Exercícios físicos breves antes das tarefas académicas podem ajudar com precisão, mas não com atenção ou comportamentos estereotipados.
  •  
  • – Intervenções de exercícios individuais (vs. grupo) parecem ser mais eficaz na melhoria das capacidades motoras e sociais (para a prontidão escolar) entre pessoas com PEA, embora poucos estudos dessas intervenções tenham sido publicados e mais pesquisas sejam necessárias.
  •  
  • – É imperativa a necessidade de investigação sobre intervenções de sono e descanso no âmbito da terapia ocupacional.
  •  
  •  
  • Limitações:

  •  
  • As limitações identificadas pelos autores são baseadas no design e métodos dos estudos individuais, incluindo tamanhos pequenos de amostras e descrições limitadas das propriedades psicométricas das medidas de resultado. A maioria dos estudos incluídos foi de evidência de Nível IV, o que deve ser considerado ao interpretar as conclusões do estudo. O artigo aponta para a necessidade de mais pesquisas em todas as áreas abordadas, apresentando oportunidades para a expansão da prática e pesquisa de terapia ocupacional baseada na ciência para pessoas com PEA.
  •  
  •  
  • Conclusão:

  •  
  • Faltam estudos que investiguem as intervenções relacionadas com o sono. Mais estudos são necessários em todas as áreas, apresentando-se oportunidades para a expansão da prática e investigação da terapia ocupacional orientada pela ciência para pessoas com PEA.
  •  
  •  
  • Keywords:

  • AVDs, Perturbações de desenvolvimento na infancia, educação, sono, resultados de intervenção, trabalho
  •  
  • Língua:

  • Inglês

[NOVO] Artigos OTbrain

×