OTbrain

Loading...

OTbrain

Register

Processo TO - 7 de Abril, 2022

#44 Introdução à Teoria de Integração Sensorial

  • A integração sensorial é um conceito fundamental na terapia ocupacional pediátrica, desenvolvido pela Dra. A. Jean Ayres, uma psicóloga educacional e terapeuta ocupacional que dedicou a sua carreira a entender como o cérebro processa e organiza informações sensoriais.
  •  
  • A sua teoria de integração sensorial revolucionou o campo da terapia ocupacional e continua a ser uma base crucial para intervenções eficazes com crianças que apresentam dificuldades de processamento sensorial.

O que é Integração Sensorial?

  • A integração sensorial refere-se ao processo neurológico que organiza as sensações do próprio corpo e do ambiente, tornando possível o uso eficiente do corpo dentro do ambiente. Este processo é fundamental para o desenvolvimento da coordenação motora, atenção, aprendizagem e comportamento.
  •  
  • De uma forma mais específica, a integração sensorial é a capacidade do sistema nervoso central para receber, processar e interpretar informações sensoriais provenientes dos diferentes sentidos: visão, audição, tato, olfato, paladar, proprioceção (perceção do corpo no espaço) e o sistema vestibular (equilíbrio e movimento). Estas informações sensoriais são integradas pelo cérebro para criar uma imagem coerente e organizada do mundo e do próprio corpo, permitindo respostas adaptativas adequadas.
  • Teoria de Integração Sensorial de Ayres

  •  
  • A Dra. Ayres desenvolveu a sua teoria baseando-se na observação de crianças com dificuldades de aprendizagem e comportamento que não podiam ser explicadas apenas por fatores cognitivos. Ela percebeu que muitas dessas crianças tinham dificuldades em processar informações sensoriais de maneira eficaz, o que afetava a sua capacidade de responder de forma adequada ao ambiente.
  •  
  • A teoria de integração sensorial de Ayres propõe que o cérebro tem a capacidade de organizar e interpretar informações sensoriais de uma forma que permite ao indivíduo usar essas informações para produzir respostas adequadas e ajustadas às exigências do ambiente. Quando este processo é eficiente, a criança consegue realizar tarefas motoras, prestar atenção, aprender e comportar-se de forma adequada. No entanto, quando há uma disfunção na integração sensorial, a criança pode apresentar uma série de desafios que afetam o seu desempenho diário e a sua qualidade de vida.
  •  
  •  
  • Importância da Integração Sensorial no Desenvolvimento Infantil

  •  
  • A integração sensorial é essencial para praticamente todos os aspetos do desenvolvimento infantil. Desde o nascimento, os bebés começam a receber e a processar informações sensoriais, que são cruciais para o desenvolvimento de competências motoras, cognitivas, emocionais e sociais. Por exemplo:
  •  
  • – Coordenação Motora: A integração sensorial é fundamental para o desenvolvimento da coordenação motora grossa e fina. Crianças que têm dificuldades de processamento sensorial podem ter problemas em atividades como correr, saltar, escrever ou usar utensílios.
  •  
  • – Atenção e Foco: A capacidade de prestar atenção e manter o foco está intimamente ligada à capacidade de processar e filtrar informações sensoriais. Crianças com dificuldades de processamento sensorial podem ser facilmente distraídas ou, ao contrário, podem ficar hiperfocadas em certos estímulos.
  •  
  • – Desenvolvimento Cognitivo: A aprendizagem depende de uma boa integração sensorial. Por exemplo, a capacidade de ler requer a integração de informações visuais (letras e palavras) com informações auditivas (sons das letras e palavras).
  •  
  • – Competências Sociais e Emocionais: As interações sociais e o desenvolvimento emocional também estão relacionados com a integração sensorial. Crianças que têm dificuldade em processar informações sensoriais podem ter problemas em interpretar pistas sociais ou podem ficar facilmente sobrecarregadas em ambientes sociais.
  •  
  •  
  • A teoria de integração sensorial de Ayres oferece uma estrutura poderosa para entender e intervir nas dificuldades de processamento sensorial em crianças. Como terapeutas ocupacionais pediátricos, é essencial continuar a aprofundar o nosso conhecimento nesta área e aplicar estas práticas baseadas em evidências para ajudar as nossas crianças a alcançar o seu pleno potencial.

Conteúdo exclusivo membros OTbrain PRO!

Para teres acesso a este conteúdo e dezenas de benefícios clica no botão abaixo 👇
OTbrain PRO

[NOVO] Artigos OTbrain

×