OTbrain

Loading...

OTbrain

Register

Alimentação - 11 de Março, 2022

#28 |Artigo| Avaliaçōes em Alimentação Oromotora Pediátrica: Revisão Sistemática

Avaliaçōes em Alimentação Oromotora Pediátrica: Revisão Sistemática. 

  • Citação: Barton, C., Bickell, M., & Fucile, S. (2017). Pediatric Oral Motor Feeding Assessments: A Systematic Review. Physical & Occupational Therapy In Pediatrics, 38(2), 190–209. https://doi.org/10.1080/01942638.2017.1290734
  •  
  • Resumo:

  • O objetivo desta revisão foi descrever as propriedades clínicas e a solidez psicométrica das avaliações em alimentação oromotora pediátrica.
  • Métodos: Foi realizada uma pesquisa sistemática utilizando as bases de dados Medline, CINAHL, EMBASE, PsycInfo e HAPI. As avaliações foram analisadas quanto às suas características clínicas e psicométricas.
  • Resultados : Foram identificadas 12 ferramentas de avaliação que corresponderam aos critérios de inclusão/exclusão. As propriedades clínicas variaram desde avaliações que avaliam os défices oromotores, rastreios para identificação de problemas de alimentação, e monitorização do progresso na alimentação. A maioria das avaliações foram concebidas para crianças com problemas de desenvolvimento ou paralisia cerebral.
  •  
  •  
  • Principais resultados:

  •  
  • Os principais resultados revelam uma diversidade de ferramentas de avaliação projetadas principalmente para crianças com problemas de desenvolvimento ou paralisia cerebral, com uma gama de propósitos desde a avaliação de défices oromotores até o monitorização do progresso da alimentação. A evidência psicométrica para estas ferramentas é variada, com algumas mostrando confiabilidade e validade, enquanto outras carecem de testes psicométricos completos.
  •  
  • Onze avaliações mostraram provas psicométricas, das quais nove tiveram testes de fiabilidade e validade:
  •  
  • 1) Ability for Basic Feeding and Swallowing Scale for Children (Capacidade de Alimentação Básica e Escala de Engolir para Crianças),
  • 2) Behavioral Assessment Scale of Oral Functions in Feeding (Escala de Avaliação Comportamental de Funções Orais na Alimentação)
  • 3) Dysphagia Disorder Survey (Inquérito de Distúrbios de Disfagia)
  • 4) Functional Feeding Assessment – modified (Avaliação Funcional da Alimentação – modificada)
  • 5) Gisel Video Assessment (Avaliação de Vídeo de Gisel)
  • 6) Montreal Children’s Hospital Feeding Scale (Escala de Alimentação do Montreal Children’s Hospital)
  • 7) Oral Motor Assessment Scale (Escala de Avaliação Motora Oral)
  • 8) Schedule for Oral Motor Assessment (Cronograma de Avaliação Motora Oral)
  • 9) Screening Tool of Feeding Problems Applied to Children (Ferramenta de Rastreio de Problemas de Alimentação Aplicada a Crianças).
  •  
  • Duas ferramentas apresentaram apenas testes de fiabilidade:
  • 10) Brief Assessment of Motor Function–Oral Motor Deglutition (Avaliação Breve da Deglutição e Função Motora-Oral), e
  • 11) Pediatric Assessment Scale for Severe Feeding Problems (Escala de Avaliação Pediátrica para Problemas de Alimentação Grave).
  •  
  • Uma das avaliações não foi testada para quaisquer propriedades psicométricas:
  • 12) Slurp Test (Teste de Sorver).
  •  
  •  
  • Implicações para a prática:

  •  
  • Esta revisão destaca algumas das atuais avaliações de alimentação motora oral disponíveis. Assim, permite aos profissionais de saúde que trabalham com crianças tomar uma decisão informada sobre as ferramentas que escolhem para avaliar competências de alimentação oral em crianças e, apoiar a prestação dos melhores cuidados possíveis. Isso pode ajudar a identificar problemas específicos de alimentação e a monitorizar o progresso, o que é essencial para o planeamento e a implementação de intervenções eficazes.
  •  
  •  
  • Limitações:

  •  
  • A revisão destacou a necessidade de mais estudos para estabelecer a robustez psicométrica das avaliações de alimentação oral pediátrica, sendo isso crucial para permitir que os profissionais de saúde façam escolhas informadas sobre as ferramentas mais adequadas para o uso na prática.
  •  
  • Os autores indicam que o estudo se limitou a artigos revistos por pares, o que pode ter omitido algumas avaliações. Além disso, a revisão focou apenas em avaliações que medem capacidades oromotoras necessárias para a alimentação, não considerando outros fatores importantes como a resposta comportamental da criança, capacidades motoras gerais e interação mãe-filho.
  •  
  •  
  • Conclusão:

  •  
  • Esta revisão sistemática demonstra a utilidade clínica das ferramentas com base nas suas propriedades de avaliação; contudo, os resultados sugerem que existe uma necessidade de maior fiabilidade e testes de validade para apoiar a solidez psicométrica das avaliações.

 

  •  
  • Keywords:

  • Crianças; alimentação; avaliação; fiabilidade; validade
  •  
  • Língua:

  • Inglês
  •  
  •  
  • Descarrega este e outros artigos aqui: Artigos OTbrain

[NOVO] Artigos OTbrain

×